Aqui que ninguém nos ouve...
Quinta-feira, 23 de Setembro de 2004
SEM CARRO...
semcarro.jpg
Hoje dia 22 de Setembro, os portugueses voltaram a utilizar os seus carros, motos e motorizadas, como nos outros dias do Ano. Pouco ou nada se fez em prol da iniciativa do Dia Europeu sem Carros. seguranca_arpuro2.gif
É sabido, dado que foi divulgado pela Quercus, que Portugal emite cerca de 1,5 toneladas por dia de CFC’s, o nosso país converte-se num dos membros da União Europeia com maior responsabilidade na destruição da camada de ozono. Há que incentivar formas de vida alternativas, sensibilizar as pessoas para as questões ambientais e para os efeitos negativos do tráfego urbano, terão sido estes, alguns dos principais objectivos desta iniciativa, promovida pela União Europeia, e que tem assistido a resultados positivos crescentes. Desta forma, ainda que timidamente – simbólicamente, neste dia tem ficado interdita a circulação de veículos motorizados no centro das cidades cooperantes neste acontecimento. Provou-se que isto só não chega...
Organizado pela primeira vez em França, em 1998, o Dia Europeu sem Carros estendeu-se, posteriormente, ao resto da Europa e a outros países fora dela.
A sensibilização para que as pessoas utilizem transportes alternativos ao seu automóvel, faz da semana a favor do ambiente, um pretexto para que os cidadãos redescubram a sua cidade e arredores, os seus habitantes e o seu património, encorajando o aperfeiçoamento de comportamentos compatíveis com um desenvolvimento sustentável e, muito especialmente, com a protecção da qualidade do ar e a prevenção do chamado efeito de estufa. A Semana Europeia da Mobilidade teria como objectivo promover um conjunto de acções de mobilização, nomeadamente a utilização de transportes públicos, bem como outras formas de deslocação urbana menos poluentes. Esta iniciativa anual, terá sido uma oportunidade para as autoridades testarem ou introduzirem novos meios de transporte menos poluentes e tomarem novas medidas de gestão do tráfego urbano. Julgamos pertinente, uma vez mais, insistir na necessidade premente de criação de pistas cicláveis, que a breve trecho incentivarão os cidadãos a novos padrões de comportamento, compatíveis com uma mobilidade urbana melhorada, contribuido assim para uma maior protecção do ambiente. DiaEuroSemCarros.jpg
O nosso passeio velocipédico, foi dado, como o faremos ao longo de todo ano...

*Publicado no Diário do Minho - 26/09/2004 - Cidadania.


publicado por ANTRES às 00:21
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

...

Mudei de endereço

Canoagem

Week End

Mais pobres...

Viajar

Guantanamo

Gatices...

arquivos

Abril 2008

Maio 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post